Omar Ibarhim/Reuters
Omar Ibarhim/Reuters

Equipes de resgate encontram 9 corpos do naufrágio no Líbano

Navio cargueiro afundou após tempestades próximo à cidade de Tripoli; 35 tripulantes continuam desaparecidos

Associated Press,

18 de dezembro de 2009 | 14h38

Equipes de resgate recolheram nove corpos da área onde um navio cargueiro do Panamá afundou na quinta-feira, 17, após uma tempestade no mar do Líbano, informou nesta sexta-feira, 18, um oficial do Exército libanês.

 

Segundo o militar, 83 pessoas estavam a bordo da embarcação. Dessas, 35 continuam desaparecidas e 39 foram resgatadas. Os tripulantes tinham nacionalidade britânica, australiana, russa, libanesa, síria, paquistanesa, filipina e uruguaia, de acordo com a agência estatal.

 

Acredita-se que o barco, que levava milhares de ovelhas e gado, ia do Uruguai para a Síria. O navio afundou no fim da tarde da quinta-feira a cerca de 17 quilômetros da cidade de Trípoli, no litoral libanês.

 

As operações de resgate continuavam nesta sexta apesar das condições climáticas ruins. A Marinha libanesa,um barco da ONU, duas embarcações civis e dois helicópteros britânicos faziam os trabalhos de busca.

 

Um tripulante paquistanês, Ahmad Khan, disse que sentiu o navio tremer antes de afundar. O capitão instruiu os marinheiros a vestir os coletes salva-vidas e pular na água.

 

Na semana passada, um navio que se dirigia da Grécia para um porto israelense afundou após tempestades próximo à costa libanesa. Seis dos 12 tripulantes foram resgatados.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbanoTripolinaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.