Escândalo de corrupção de Olmert ofusca visita de Bush a Israel

Presidente americano chega ao Oriente Médio para tentar estimular negociações prejudicadas após processos

TABASSUM ZAKARIA, REUTERS

14 de maio de 2008 | 09h04

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, chegou nesta quarta-feira, 14, ao Oriente Médio para celebrar o 60.º aniversário da fundação de Israel e tentar estimular o processo de paz com os palestinos, complicado pelo escândalo de corrupção que pode derrubar o premiê Ehud Olmert.   A primeira escala da visita é Jerusalém, sede do governo israelense, cujo premiê Olmert está sendo investigado sob suspeita de fazer um caixa-dois eleitoral.  Na véspera da visita de Bush - a segunda neste ano -, Olmert disse ter chegado a "entendimentos e pontos de concordância" a respeito de algumas questões com o presidente palestino, Mahmoud Abbas. Mas as autoridades palestinas demonstraram ceticismo e disseram que as partes ainda têm "um longo caminho a percorrer". Em geral, há profundo ceticismo quanto à meta de Bush de concluir o processo de paz ainda durante o seu mandato, que termina em janeiro - o que seria uma forma de que sua política externa seja lembrada além da guerra do Iraque. "É difícil de lembrar de uma época menos auspiciosa para buscar a paz árabe-israelense do que esta", disse Jon Alterman, especialista em Oriente Médio do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, em Washington. "As políticas no local estão absolutamente miseráveis." Olmert e Abbas reiniciaram em novembro o processo de paz, durante uma conferência patrocinada por Bush em Maryland. A meta é criar até o final do ano um Estado palestino que conviva em paz com Israel. Desde então, porém, o processo está atravancado pelos planos israelenses de ampliar seus assentamentos na Cisjordânia e por causa da violência na Faixa de Gaza e arredores.

Tudo o que sabemos sobre:
Ehud OlmertGeorge W. BushIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.