Estado Islâmico afirma que destino de outro jornalista dos EUA depende de Obama

Militantes do grupo radical Estado Islâmico afirmaram em um vídeo nesta terça-feira que mantêm refém o jornalista norte-americano Steven Sotloff e disseram que sua vida depende do próximo passo do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

REUTERS

19 de agosto de 2014 | 19h32

"A vida deste cidadão americano, Obama, depende de sua próxima decisão", disse um homem mascarado no vídeo postado em sites de mídia social, falando em inglês com um sotaque britânico, enquanto segurava um prisioneiro que o vídeo nomeou como Steven Sotloff.

O vídeo não pôde ser verificado imediatamente.

O Estado Islâmico, que controla parte dos territórios de Iraque e Síria, divulgou mais cedo um vídeo que supostamente mostra a decapitação do jornalista norte-americano James Foley, que havia desaparecido na Síria há quase dois anos.

O vídeo, intitulado "Uma mensagem aos Estados Unidos", foi publicado em sites de mídia social.

(Reportagem de Alexander Dziadosz)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEJORNALISTAREFEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.