EUA classificam Fatah al-Islam como grupo terrorista

Os Estados Unidos disseram nasegunda-feira que passaram a considerar uma organizaçãoterrorista o grupo Fatah al-Islam, que é inspirado na Al Qaedae atua no Líbano. Nos últimos meses, o Fatah al-Islam vem combatendo oExército libanês no campo de refugiados palestinos de Nahral-Bared, no norte do Líbano. Pelo menos 278 pessoas morreramnos confrontos e cerca de 40 mil refugiados tiveram deabandonar o campo. A organização tem integrantes libaneses, palestinos eárabes, e diz apoiar as idéias da Al Qaeda, embora não tenhaligação direta com ela. O conflito no campo de refugiados, opior desde a guerra civil no Líbano, que terminou em 1990,abalou a estabilidade do país. O governo libanês acusa o Fatah al-Islam de ter ligaçõescom a inteligência síria, que por sua vez nega estarinterferindo no Líbano desde que a retirada das tropas síriasdo território libanês, em 2005. Com a classificação, o grupo passa a ser excluído dosistema financeiro norte-americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.