EUA dizem que fluxo de imigrantes iraquianos vai aumentar

Uma funcionária do governo norte-americanoafirmou nesta terça-feira que o país vai acelerar a imigraçãode iraquianos que trabalharam com o seu Exército no Iraque,depois de críticas do Congresso de que poucos deles puderamfazer isso desde a invasão de 2003. A secretária-assistente do Departamento de Estado dos EUA,Ellen Sauerbrey, disse que uma política de reassentamento emterras norte-americanas neste ano poderia mais que dobrar ataxa de migração. "Duas mil pessoas terão chegado ao país, se não até o fimde setembro, até o fim de outubro, e alguns milhares mais emnovembro", disse ela. "Assim, no fim do ano, há a possibilidade de termos trazidoos 7.000 que haviam se falado", afirmou ela, referindo-se aosnúmeros recomendados pelo Alto Comissariado da ONU paraRefugiados (Acnur) de imigrantes iraquianos realocados para osEUA. "Há um sentimento muito forte de que é nossaresponsabilidade moral fazer isso, mas também queremos tercerteza de que estamos fazendo direito, e que o processo derealocação garanta uma boa recepção para os iraquianos queestejam chegando a nosso país," disse ela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.