EUA dizem ter matado ao menos 10 talibans no Afeganistão

As forças lideradas pelos Estados Unidosmataram mais de 10 militantes e detiveram outros dois, duranteoperações conduzidas no leste do Afeganistão, com o objetivo deatacar a rede de um comandante do Taliban, Jalaluddin Haqqani,informou o Exército norte-americano nesta sexta-feira. As forças dos Estados Unidos tiveram a rede de Haqqani comoalvo nesta semana, lançando mísseis sobre uma casa e uma escolareligiosa fundada pelo comandante, numa região tribal perto dafronteira com o Paquistão. Neste ataque, 23 pessoas forammortas -- a maioria delas era parente de Haqqani. Na quinta-feira, dois membros da equipe de Haqqani foramdetidos na Província afegã de Khost. Um deles era suspeito decoordenar ataques contra as forças afegãs e da coalizão, nabeira de estradas, segundo o Exército norte-americano. Apoiado pelos Estados Unidos durante a guerra contra aUnião Soviética, Haqqani é considerado próximo a Osama BinLaden. As forças dos Estados Unidos também procuraram umcomandante do Taliban na província de Kapisa, a nordeste dacapital Cabul. Nos conflitos, morreram 10 militantes, segundo oExército. "As forças de coalizão foram recebidas com armas de pequenoporte", disse um comunicado do Exército. "As forças revidaram,matando os militantes". A violência atingiu seu pior nível no Afeganistão desde aderrubada do regime Taliban, em 2001. Mais de 2.700 pessoas,incluindo 1.100 civis, foram mortos só neste ano, segundoagências humanitárias.

REUTERS

12 de setembro de 2008 | 07h36

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOMILITANTESMORTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.