EUA enviam brigada de combate aéreo ao Afeganistão

O secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, determinou o envio de uma brigada de combate aéreo ao Afeganistão, como parte do reforço de contingente contra a onda de violência insurgente, disse um militar norte-americano na sexta-feira, pedindo anonimato. Essa fonte disse que a brigada é ligada ao Exército, tem cerca de 2.800 soldados e está equipada com helicópteros de ataque e transporte. Segundo esse militar, o envio deve ser efetivado no ano que vem, como parte de um adicional de 20 mil soldados solicitado pelo general David McKiernan, comandante de todas as forças da Otan e da maior parte do contingente norte-americano no Afeganistão. McKiernan quer reforços para combater o Taliban e outros grupos especialmente no sul e leste do país. Ele também solicitou outras quatro brigadas de combate terrestre -- cerca de 14 mil soldados -- e unidades adicionais de apoio. Uma brigada terrestre deve ser enviada em janeiro, e Gates, que continuará no cargo sob o governo de Barack Obama, disse na semana passada a jornalistas que outras duas brigadas devem ser deslocadas ainda no primeiro semestre. Os EUA têm cerca de 31 mil soldados no Afeganistão, alguns deles operando diretamente sob ordens de Washington, e outros como parte de uma força de 51 mil homens da Otan. (Reportagem de Andrew Gray)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.