EUA liberam sete funcionários iranianos detidos em Bagdá

O grupo foi preso na terça-feira em um hotel da capital iraquiana

Efe e Associated Press,

29 de agosto de 2007 | 04h01

Os sete funcionários iranianos detidos na terça-feira, 28, num hotel de Bagdá pelas tropas americanas foram liberados nesta quarta-feira e entregues ao escritório do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, informaram fontes da Embaixada do Irã no Iraque. Seis dos detidos no hotel Sheraton Ishtar são integrantes de uma delegação do Ministério de Eletricidade iraniano. Eles tinham viajado a Bagdá para assinar contratos. O sétimo é um membro da missão diplomática na capital iraquiana.  Um diplomata iraniano, que não quis se identificar, disse para a Associated Press que um dos funcionários entrou em contato com a embaixada para dizer que eles foram entregues para as autoridades iraquianas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.