Pablo Martinez Monsivais/AP
Pablo Martinez Monsivais/AP

EUA negam recusa de reunião com Netanyahu e citam agenda

'Eles simplesmente não estarão na cidade ao mesmo tempo', disse um porta-voz da Casa Branca

Reuters

11 de setembro de 2012 | 17h29

WASHINGTON - A Casa Branca negou nesta terça-feira, 11, que o presidente Barack Obama tenha recusado um pedido do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, para se encontrar com ele nos Estados Unidos neste mês, mas disse que nenhuma reunião entre ambos acontecerá, alegando conflitos entre as agendas dos dois líderes.

Veja também:

link Obama rejeita encontro com Netanyahu, diz funcionário israelense

link Israel e EUA discutem linha-limite para Irã, diz premiê

Em meio a tensões entre os EUA e Israel sobre o programa nuclear iraniano, uma autoridade israelense disse mais cedo que assessores de Netanyahu pediram um encontro quando ele visitar a Organização das Nações Unidas (ONU) no final de setembro, mas a Casa Branca os informou que a agenda de Obama impedia a reunião.

Obama deve falar à Assembleia Geral da ONU em 25 de setembro, enquanto Netanyahu falará em 28 de setembro. "Eles simplesmente não estarão na cidade ao mesmo tempo", disse o porta-voz da Casa Branca Tommy Vietor. Ele acrescentou que Obama e Netanyahu estão em "contato frequente" e que o premiê israelense se reunirá com a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, durante a visita aos EUA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.