EUA obtêm cópia de vídeo de Bin Laden sobre o 11/9

Pouco depois de Washington anunciar ter obtido o vídeo, todos os websites que da Al-Qaeda saíram do ar

Associated Press,

07 de setembro de 2007 | 14h36

O governo dos Estados Unidos obteve uma cópia do novo vídeo de Osama bin Laden antes que a Al-Qaeda lançasse a mensagem para marcar o sexto aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001. Autoridades já analisam o conteúdo, que pode conter as primeiras novas imagens do terrorista em três anos.   Pouco depois de Washington anunciar ter obtido o vídeo, todos os websites que normalmente carregam notas da Al-Qaeda saíram do ar ou se tornaram inacessíveis, num blecaute virtual sem precedentes.   A causa do blecaute não foi imediatamente conhecida. Especialistas acreditam que o evento foi precipitado pela própria rede terrorista, a fim de determinar a fonte do vazamento.   Uma análise da aparência de Bin Laden poderá trazer dados significativos. O líder da Al-Qaeda não aparece em uma nova gravação de vídeo desde 2004, e não se manifesta em áudio há mais de um ano.   Uma diferença ficou imediatamente óbvia: em uma imagem estática do vídeo divulgada pela Al-Qaeda, Bin Laden aparece com a barba toda preta. Vídeos anteriores mostravam a barba grisalha.   Segundo a diretora de um instituto que analisa mensagens terroristas, Rita Katz, parece que a barba foi tingida. "Creio que isso funciona para eles (a Al-Qaeda), o fato de ele parecer mais jovem, saudável". 

Tudo o que sabemos sobre:
al-qaedaEUA11/9terrorismobin laden

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.