EUA se dizem prontos para retomar conversa com Irã sobre Iraque

Os Estados Unidos estão prontos paracontinuar as negociações com o Irã para melhorar a segurança noIraque, informou nesta sexta-feira uma importante autoridadenorte-americana, que acusou Teerã de armar e treinarcombatentes xiitas radicais iraquianos. Teerã adiou na quinta-feira aquela que teria sido a quartarodada de negociações, culpando "questões técnicas". A decisãofez com que Washington questionasse o compromisso de diálogodos iranianos. "Nós vemos que as intenções do Irã no Iraque não mudaram nocurso dos últimos anos", disse a jornalistas David Satterfield,coordenador para o Iraque do Departamento de Estadonorte-americano, durante uma visita a Paris para reuniões comautoridades francesas. "Nós vemos uma tentativa do Irã de continuar a promover aviolência dentro do Iraque, que é diretamente contraditória àalegação pública do Irã de apoio a um Iraque estável, pacíficoe soberano", acrescentou ele. Ele afirmou que o Irã está armando e treinando "oselementos mais violentos e radicais" no país, incluindocombatentes que foram selecionados no exército Mehdi, doclérigo xiita Moqtada al-Sadr, e na Guarda Revolucionáriairaniana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.