EUA tranquilizam Israel sobre Irã antes de visita de Obama

Uma enviada norte-americana buscou tranquilizar Israel nesta semana sobre a determinação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de frear o polêmico programa nuclear do Irã.

Reuters

12 de fevereiro de 2013 | 13h40

A visita de Rose Gottemoeller, atuando como subsecretária de Estado dos EUA sobre controle de armas e segurança internacional, foi vista por seus anfitriões israelenses como parte de um esforço para suavizar o caminho para Obama antes da visita do presidente à região, na qual a questão iraniana deve continuar a ser motivo de grande preocupação.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, estabeleceu uma "linha vermelha" para meados de 2013 para deter o enriquecimento de urânio pelo Irã, um processo que tem potencial de fabricar bombas, embora Teerã negue ter planos militares.

A perspectiva de ataques israelenses unilaterais sobre o seu rival abalou a administração de Obama, que, relutante em ver uma nova guerra no Oriente Médio, prefere, por enquanto, buscar alternativas diplomáticas.

Um funcionário israelense que se encontrou com Rose disse que ela "reiterou o compromisso dos norte-americanos de impedir que o Irã obtenha poder nuclear".

Um porta-voz da Embaixada EUA se recusou a comentar sobre o conteúdo das reuniões de Rose.

(Reportagem de Dan Williams)

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELEUAVISITA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.