Ex-agentes do Hamas morrem perto da fronteira com Israel

Para compensar traição do movimento, eles estariam a caminho de um atentado suicida, dizem fontes

EFE,

21 de fevereiro de 2009 | 10h09

Dois palestinos morreram neste sábado, 21, aparentemente numa explosão, quando estavam a caminho de um ataque contra alvos israelenses, disseram fontes em Gaza.   Segundo informações, os mortos são Yaqub e Ahmed Nasar, integrantes do Hamas - que controla a Faixa da Gaza - e que até um ano atrás cooperavam com a inteligência israelense, como agentes duplos.   Para compensarem a traição, o braço armado do Hamas incumbiu-os de cometer atentados suicidas contra soldados israelenses quando estivessem diante deles na fronteira de Gaza, fingindo escapar do movimento.   Fontes da família confirmaram que os dois palestinos foram enviados para tentar matar ou capturar a soldados israelenses posicionados em alguma das passagens fronteiriças da faixa territorial. Os corpos dos dois palestinos foram recolhidos nesta manhã, numa aldeia próxima à fronteira com Israel a sudeste da Cidade de Gaza.   No entanto, há informações desencontradas sobre a causa da morte dos dois.   Há uma versão de que ambos morreram numa explosão e outra que dá conta de que foram mortos a tiros.

Tudo o que sabemos sobre:
gazahamasisrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.