Rick Bowmer/AP
Rick Bowmer/AP

Ex-presidente paquistanês critica retirada de tropas do Afeganistão

Para Musharraf , soldados dos EUA devem permanecer no país até derrotarem Taleban

Associated Press,

15 de março de 2010 | 23h00

O ex-presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, criticou nesta segunda-feira, 15, os planos norte-americanos de começarem a retirar suas tropas do Afeganistão no ano que vem. 

 

Em um discurso na ilha de Portland, no sul do Reino Unido, Musharraf elogiou o envio de 30.000 soldados pelo presidente Barack Obama em dezembro para lutar contra o Taleban.

 

O ex-governante, contudo, se disse totalmente oposto ao plano de Obama para começar a retirar as forças americanas do país em julho de 2011. Para Musharraf, os soldados dos Estados Unidos deveriam lutar até que o Taleban fosse derrotado.

 

Musharraf assumiu o poder no Afeganistão em 1999 e foi forçado a renunciar em 2008. Ele mora em Londres, mas disse que governaria o Paquistão novamente caso o povo o escolhesse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.