Exército do Líbano e militantes entram em confronto e encerram cessar-fogo

Trégua deveria ter durado 24 horas a partir de 19h (13h no horário de Brasília)

REUTERS

05 de agosto de 2014 | 17h13

Um cessar-fogo entre o Exército libanês e militantes islâmicos foi encerrado nesta terça-feira, quando os confrontos recomeçaram em uma cidade perto da fronteira com a Síria, onde os dois lados se enfrentam desde sábado, disse uma fonte de segurança.

A fonte afirmou que o cessar-fogo acordado em Arsal mais cedo na terça-feira entrou em colapso quando uma posição do Exército ficou sob fogo.

O cessar-fogo deveria durar 24 horas a partir de 19h (13h no horário de Brasília) e tinha objetivo de permitir que os mediadores investigassem o paradeiro de 22 soldados desaparecidos e atender às necessidades humanitárias de dezenas de milhares de civis na região.

(Reportagem de Tom Perry)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANOFIMCESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.