Exército libanês desmonta foguetes voltados contra Israel, dizem fontes

O Exército libanês desmantelou nesta segunda-feira dois foguetes no sul do Líbano que, segundo fontes de segurança, estavam voltados para o território de Israel, que conduz uma ofensiva contra a Faixa de Gaza.

Reuters

19 de novembro de 2012 | 20h02

Os foguetes, sobre lançadores, foram achados na localidade de Halta, a cerca de um quilômetro de uma instalação militar israelense no monte Hermon. Aparentemente, eles foram colocados no local depois que Israel iniciou uma ofensiva militar contra a Faixa de Gaza, na semana passada, segundo as fontes.

Soldados libaneses cercaram o local e interditaram várias estradas próximas, segundo um jornalista da Reuters na região. As fontes não informaram quem teria colocado os foguetes no local.

A fronteira entre Israel e Líbano está relativamente tranquila nos últimos anos, mas registrou dois incidentes de disparos de foguetes em novembro e dezembro de 2011, com uma vítima fatal.

Vários grupos palestinos, alguns deles militantes, estão instalados no sul do Líbano. É possível que eles tenham querido responder à violência entre os militares israelenses e militantes palestinos de Gaza.

Também há preocupações quanto a um possível alastramento da revolta contra o governo de Bashar al-Assad na vizinha Síria e por causa de um endurecimento das sanções ocidentais contra o Irã por causa do seu programa nuclear.

O Irã é o principal patrocinador do poderoso grupo militante libanês Hezbollah, que travou uma guerra contra Israel em 2006. O Hezbollah não comentou a descoberta dos foguetes perto da fronteira.

(Reportagem de Karamallah Daher)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANOISRAELFOGUETES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.