Exército libanês é mobilizado em Trípoli após 15 mortes

Tropas libanesas foram mobilizadas na cidade de Trípoli no domingo, depois que 15 pessoas foram mortas nos confrontos entre partidários e opositores do presidente sírio Bashar al-Assad, disseram médicos locais.

REUTERS

03 de junho de 2012 | 10h43

Moradores disseram que uma calma relativa havia voltado para a cidade mediterrânea desde que os soldados assumiram posições na cidade por volta das 7h (horário local), depois que homens armados trocaram tiros com metralhadoras e granadas lançadas por foguetes.

Duas pessoas feridas no conflito morreram no domingo, aumentando o número de vítimas, que era de 13 no sábado. Tiros ocasionais ainda podiam ser escutados, mas eram menos intensos do que antes.

O primeiro-ministro, Najib Mikati, e outros políticos locais fizeram uma reunião de crise em Trípoli no final de semana e instruíram as forças de segurança a usar "mão-de-ferro" para conter a violência. Os protestos, principalmente de muçulmanos sunitas, contra Assad polarizaram Trípoli.

(Por Nazih Siddiq)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANOEXERCITOMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.