Explosão de bomba perto de igreja deixa dois mortos no Iraque

Pelo menos 6 pessoas ficaram feridasseis fe uma igreja histórica de Mossul foi danificada, às vésperas do Natal

EFE,

23 de dezembro de 2009 | 09h27

Uma bomba matou pelo menos duas pessoas, deixou seis feridas e atingiu uma igreja histórica às vésperas do Natal, na cidade iraquiana de Mossul, 400 quilômetros ao norte da capital, informaram fontes policiais. Os policiais não puderam se identificar pois não estão autorizados a falar com a imprensa.

 

A explosão aconteceu às 11h local (5h de Brasília) na região de Al Saa, no centro desta cidade de maioria muçulmana sunita, e se desconhece ainda se tratava-se de um carro-bomba ou um pacote colocado na área próxima à igreja Mar Toma Church, também conhecida como Igreja de St. Thomas. Trata-se de uma das mais antigas igrejas de Mossul, datada de 770 a.C.

 

A extensão dos estragos na igreja não foram esclarecidos. A explosão ocorreu em uma área com o trânsito interrompido para veículos para proteger os cristãos que costumam visitar a igreja durante o Natal.

 

A deflagração causou vários danos nos prédios da região e as equipes de resgate se esmeram por buscar sobreviventes sob os escombros.

 

Trata-se do segundo ataque em menos de uma semana aparentemente dirigido contra a comunidade cristã de Mossul.

Na vez anterior, duas pessoas morreram e 40 ficaram feridas pela explosão de uma bomba colocada em frente a uma igreja, que ficou seriamente afetada.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.