AFP PHOTO
AFP PHOTO

Explosão de carro-bomba no norte da Síria mata onze civis

Ataque ocorreu em uma cidade dominada por rebeldes apoiados pela Turquia, na fronteira com o país vizinho; nenhum grupo assumiu a autoria do atentado

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de setembro de 2019 | 18h41

Onze civis morreram neste domingo, 14, na explosão de um carro-bomba perto de um hospital no Estado de Alepo, na Síria. Um membro das forças de segurança rebeldes afirmou que um caminhão frigorífico explodiu em frente ao centro de saúde.

 

A cidade de Al-Rai fica na norte da Síria, na fronteira com a Turquia, e é controlada por rebeldes apoiados pelo país vizinho. As informações são do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado, ocorrido perto da entrada da cidade. Essa é a segunda explosão mortal na zona rebelde desde junho.

Em 2016, tropas turcas e rebeldes sírios aliados lançaram uma operação militar contra a organização jihadista Estado Islâmico e os combatentes curdos no norte da Síria, e tomaram Al-Rai e a cidade vizinha de Azaz. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Síria [Ásia]terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.