Karim Kadim/AP
Karim Kadim/AP

Explosão de carros-bomba mata pelo menos 14 e fere 75 em Bagdá

Ataque evidencia crise política que ameaça reavivar a luta sectária no Iraque

REUTERS

24 de janeiro de 2012 | 07h29

Atualizado às 9h42.

 

BAGDÁ - Quatro carros-bomba explodiram em áreas de maioria muçulmana xiita em Bagdá nesta terça-feira, 24, matando pelo menos 14 pessoas e ferindo 75, numa evidência da crise política que ameaça reavivar a luta sectária no Iraque.

A primeira explosão atingiu um grupo de trabalhadores na área de Sadr City, bairro pobre do nordeste da capital. Pelo menos oito pessoas morreram na hora e 24 ficaram feridas, disseram fontes em um hospital e na polícia.

O segundo ataque, no mesmo bairro, matou dois e deixou 26 feridos. Dois outros carros-bomba explodiram em áreas de maioria xiita no noroeste de Bagdá, causando a morte de três pessoas e ferindo 25.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEATENTADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.