Explosão em mesquita mata 15 e fere ao menos 50 no Irã

Cidade próxima da fronteira com o Paquistão é cenário de confrontos entre polícia, traficantes e militantes

Agência Estado e Associated Press,

28 de maio de 2009 | 14h16

Uma explosão em uma mesquita no sudeste do Irã, perto da fronteira com o Paquistão, deixou 15 mortos e 50 feridos, informou nesta quinta-feira a agência estatal iraniana. As autoridades investigam a explosão em Zahedan, 1.600 quilômetros a sudeste de Teerã.

 

Falando sob condição de anonimato, um funcionário disse que parte da mesquita foi destruída. As equipes de resgate ainda retiravam os corpos da área. Em 2007, um atentado do grupo militante Brigada de Deus (Jundallah) matou 11 membros da Guarda Revolucionária iraniana em Zahedan. O grupo afirmou então possuir vínculos com a rede terrorista Al-Qaeda.

 

Na área perto da fronteira paquistanesa também costuma ocorrer enfrentamentos entre as forças de segurança iranianas e narcotraficantes.

Tudo o que sabemos sobre:
Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.