Explosão mata 4 e fere 12 peregrinos xiitas no Iraque

Ataque aconteceu quando eles atravessavam uma praça forte dos grupos violentos sunitas

Efe,

25 de fevereiro de 2008 | 06h37

Pelo menos quatro pessoas morreram nesta segunda-feira, 25, no sul de Bagdá e outras 12 ficaram feridas após uma nova explosão contra uma caravana de peregrinos xiitas que se dirigiam à cidade de Karbala, sul do Iraque, informaram fontes policiais. A explosão aconteceu quando os peregrinos atravessavam a região de Zafaraniya, uma praça forte dos grupos violentos sunitas situada a 30 quilômetros ao sul da capital. Este ataque é o segundo em menos de 24 horas contra fiéis xiitas que marcham em direção a Karbala para comemorar o martírio do imame Hussein, depois que no domingo, 24, 40 pessoas morreram em Iskandiriya, ao sul de Bagdá, em um atentado suicida. O ataque foi o pior em vários meses em Iskandiriya, que tradicionalmente foi uma das fortificações da insurgência, da mesma forma que Zafaraniya, e faz parte do chamado "triângulo da morte".

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueexplosãoatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.