Explosões matam criança e policial no Iraque

Bombas de insurgentes e foguete americano seriam os responsáveis pelo incidente

EFE

26 de abril de 2010 | 07h50

BAGDÁ - Uma criança e um policial morreram e

outras cinco pessoas ficaram feridas nesta segunda-feira, 26, em duas explosões na província de Al-Anbar, 100 quilômetros a oeste de Bagdá.

 

Fontes da Polícia explicaram à Agência Efe que a primeira explosão, que matou a criança e feriu outras três pessoas, envolveu quatro artefatos colocados por insurgentes em volta da casa de um policial em Ramadi, a capital de Al-Anbar.

 

No outro incidente, um policial morreu e dois ficaram gravemente feridos na explosão de um foguete americano possivelmente de 2003, ano da invasão do país árabe.

 

Na hora da explosão, os policiais, membros das equipes de desativação de explosivos, tentavam neutralizar o foguete após encontrá-lo em uma área de deserto no oeste de Ramadi.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueexplosões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.