Fatah convoca greve contra Governo do Hamas em Gaza

A convocação segue à violenta repressão na sexta-feira contra manifestantes do movimento nacionalista

EFE

09 de setembro de 2007 | 03h15

O movimento nacionalista Fatah e outras legendas da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) convocaram uma greve geral para este domingo, em Gaza, como protesto contra o Governo islamita do Hamas e suas forças de segurança. A convocação segue à violenta repressão na sexta-feira passada contra manifestantes do Fatah, que desafiaram uma ordem das autoridades e começaram a rezar em praças e outros locais públicos em Gaza, de onde foram dispersados pela Força Executiva do Hamas. Os enfrentamentos deixaram 20 pessoas feridas, segundo fontes médicas. Além disso, dezenas de pessoas foram atacadas pelos milicianos islamitas a serviço do deposto primeiro-ministro Ismail Haniyeh, entre eles dois cinegrafistas de uma emissora de TV japonesa, um da agência internacional "Associated Press", e outros cinco palestinos. Porta-vozes do Hamas disseram no começo da manhã deste domingo que vão impedir a greve, e os comerciantes serão obrigados a abrir suas lojas, o que pode ser um novo motivo de disputas entre nacionalistas e islamitas. A semana útil começa aos domingos para os judeus de Israel e boa parte dos muçulmanos da Faixa de Gaza.

Tudo o que sabemos sobre:
Fatah

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.