Foguete lançado por militantes palestinos mata israelense

Ataque deixa outras três pessoas feridas; Hamas assume responsabilidade pelo incidente

Agência Estado e Associated Press,

09 de maio de 2008 | 13h52

Militantes palestinos lançaram quatro foguetes rústicos em Israel, que partiram da Faixa de Gaza. No ataque morreu um israelense de 40 anos e outras três pessoas ficaram feridas, segundo a polícia e equipes encarregadas do resgate. A rádio do Hamas, que controla Gaza, afirmou que o grupo era responsável pelo disparo, contra uma comunidade no sul de Israel, chamada Kfar Aza. "O Hamas está claramente no controle da Faixa de Gaza e é responsável por todos os ataques em Israel", disse David Baker, porta-voz do governo israelense. "Nós consideramos ele responsável pelo ataque de hoje e pela morte de nossos civis." Segundo o Exército israelense, militantes palestinos lançaram 1.950 foguetes rústicos em Israel desde o começo do ano - o número é quase igual ao de todo o ano de 2007. Os ataques geralmente levam a retaliações israelenses, apesar de os dois lados estarem negociando um cessar-fogo, com mediação do Egito. Abu Obeida, porta-voz do braço militar do Hamas, alegou que os militantes tinham como alvo posições militares. "Nós continuaremos a disparar até o último momento" antes de se chegar ao cessar-fogo, disse Obeida.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelpalestinosFaixa de Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.