Força aérea da Líbia ataca milícias rebeldes no sul

A Líbia está usando sua força aérea para tentar encerrar a agitação no sul do país, a qual ela atribui a forças ainda leais ao ex-governante Muammar Gaddafi, disse o ministro da defesa, neste sábado.

Reuters

18 de janeiro de 2014 | 17h59

O parlamento havia colocado o exército em alerta após homens armados invadirem uma base da força aérea perto da cidade sulista de Sabha, palco de dias de confrontos entre grupos armados rivais.

"A força foi preparada, movimentou-se, decolou e lidou com os alvos", disse o porta-voz do ministério da Defesa, Abdul-Raziq al-Shabahi, em Trípoli.

(Reportagem de Ulf Laessing)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIACONFLITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.