Força aérea israelense abate aeronave não tripulada

A força aérea israelense abateu um avião não-tripulado após a aeronave cruzar a fronteira no sul de Israel neste sábado, disseram os militares, mas não ficou qual era a origem do aparelho.

Reuters

06 de outubro de 2012 | 16h13

O avião foi detectado pela primeira vez sobre o Mar Mediterrâneo na área da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, a oeste de Israel, disse a porta-voz militar Avital Leibovich.

A aeronave foi mantida sob vigilância e seguida por jatos da Força Aérea Israelense, antes de ser abatida sobre uma floresta em uma área despovoada perto da fronteira com territórios ocupados da Cisjordânia.

Leibovich disse que o avião foi abatido às 04h00 (horário de Brasília), depois que se dirigiu cerca de 55 quilômetros para leste, na parte sul do deserto do Negev.

O ministro da Defesa, Ehud Barak, elogiou a interceptação, a qual caracterizou como "incisiva e eficaz".

"Nós vemos com bastante severidade a tentativa de comprometer o espaço aéreo israelense e iremos considerar a nossa resposta no devido tempo", disse Barak em um comunicado.

Soldados, com ajuda de helicópteros, inspecionavam a área em busca dos destroços do avião que, segundo fontes de segurança, provavelmente não veio da Faixa de Gaza.

A rádio do Exército israelense disse que o aparelho não carregava explosivos.

Em pelo menos uma ocasião, o Hezbollah, grupo do Líbano apoiado pelo Irã, lançou um avião deste tipo em direção a Israel. Em 2010, uma aeronave israelense abateu um balão aparentemente não tripulado no Negev, numa área próxima ao reator nuclear israelense Dioma.

(Reportagem de Ari Rabinovitch e Amir Cohen)

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELABATEDRONE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.