Força Aérea Real britânica leva notas novas de dinheiro à Líbia

A Força Aérea Real britânica (RAF) estava nesta quarta-feira em uma missão especial à Líbia. Os aviões transportavam notas novinhas de dinheiro no valor de mais de 1,5 bilhão de dólares que serão usadas para ajudar os novos governantes do país a pagar os funcionários públicos e os bancos a abastecerem as suas máquinas.

REUTERS

31 de agosto de 2011 | 15h36

O dinheiro -- 1,8 bilhão de dinares líbios -- havia sido solicitado à empresa britânica de impressão De La Rue por Muammar Gaddafi, mas a Grã-Bretanha havia bloqueado o seu envio em março, numa das primeiras ações para pressionar o líder líbio a aliviar a repressão aos protestos públicos.

Desde então, as notas permaneciam num banco britânico em meio à luta pelo controle da Líbia.

As notas de 1 e de 50 dinares líbios têm uma imagem de Gaddafi, mas não era possível confirmar se o carregamento incluía esse desenho.

A RAF planejava entregar o dinheiro aos líderes do Conselho Nacional de Transição em Benghazi e isso ajudará a melhorar o fluxo de dinheiro durante as comemorações para marcar o fim do Ramadã.

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIARAFDINHEIRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.