Forças britânicas se aproximam de cidade iraquiana de Basra

Forças britânicas se aproximaram de Basrano domingo, disseram testemunhas, mas um porta-voz disse que osmilitares ainda não têm planos de retomar o controle da segundamaior cidade iraquiana, cena de combates entre o governoiraquiano e militantes xiitas. Testemunhas disseram que tropas britânicas em 8 a 10veículos blindados estabeleceram um posto de controle na pontede Zubair, ao sul da cidade, e estão vasculhando os carros quevão em direção a Basra. Um porta-voz militar britânico confirmou que unidadesmilitares do país estão se aproximando da cidade para dar apoioàs forças iraquianas que combatem no terreno. "Está mais próximo da cidade do que esteve nos últimosdias, e isso é apoio direto às operações iraquianas", disse omajor Tom Holloway por telefone. "Eles não estão dentro dacidade." A Grã-Bretanha retirou suas forças de Basra em dezembro. Ocontingente remanescente de 4.100 soldados ficou, em suamaioria, próximo a uma base do lado de fora da cidade duranteos últimos seis dias, enquanto forças iraquianas combatemmilicianos leais ao clérigo xiita Moqtada al-Sadr. "Temos forças de terreno do lado de fora dando assistênciaàs forças iraquianas", disse Holloway. "Até o momento não há aintenção de levar os blindados britânicos para dentro dacidade." Os militares norte-americanos confirmaram que forçasespeciais dos Estados estão lutando ao lado dos iraquianos numaoperação que contava inicialmente somente com a participação deforças do Iraque. Holloway disse que as forças britânicas usaram a artilhariapara dar apoio às forças iraquianas no sábado, pela primeiravez desde o início dos combates na terça-feira. (Reportagem de Aref Mohammed em Basra e Peter Graff emBagdá)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.