Forças da coalizão da Otan matam por engano 5 soldados de suas tropas, diz polícia afegã

Cinco soldados estrangeiros morreram no sul do Afeganistão, disseram nesta terça-feira as forças da coalizão comandadas pela Otan. De acordo com a polícia afegã e militantes do Taliban, os militares foram mortos por disparos feitos de helicópteros das suas próprias forças militares.

REUTERS

10 de junho de 2014 | 07h45

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, na sigla em inglês) não deu explicações para as mortes na segunda-feira na província de Zabul, dias antes do segundo turno das eleições presidenciais. A Isaf informou estar investigando as mortes.

O chefe da polícia local Ghulam Sakhi Roghlewanai disse que as forças da Isaf "estavam retornando a suas bases depois de uma operação quando foram emboscadas por insurgentes. O ataque aéreo atingiu por engano suas próprias forças e matou os soldados".

(Reportagem de Hamid Shalizi)

Mais conteúdo sobre:
AFEGANISTAOEUAHELIOPTEROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.