Forças israelenses matam dez palestinos em Gaza

Dentre as vítimas desta quarta-feira está um menino de 12 anos

Agencia Estado

27 Junho 2007 | 14h41

Forças israelenses mataram pelo menos dez palestinos em dois incidentes separados na Faixa de Gaza, nesta quarta-feira, 27. O combate entre forças de Israel e militantes da Jihad islâmica aconteceu perto da cidade de Khan Younis, matando um insurgente. Hospitais afirmam que pelo menos 40 pessoas foram feridas na ofensiva israelense em Gaza. Outros três militantes foram mortos em outro incidente nas proximidades de Gaza, segundo fontes palestinas.Próximos à Cidade de Gaza, dois militantes morreram com ferimentos causados por estilhaços de bombas. Um deles pertencia ao grupo islâmico Hamas, que tomou Gaza neste mês após derrotar as forças do presidente Mahmoud Abbas, líder da secular facção Fatah. O outro militante da Jihad islâmica morreu em decorrência dos ataques aéreos israelenses.Mais quatro palestinos foram mortos perto da Cidade Gaza, incluindo um menino de 12 anos. Testemunhas também reportaram ter visto aviões israelenses atirando pelo menos um míssil na área. Uma porta-voz israelense do exército estava em operação no solo perto de Khan Younis e lá ouviu os tiros. Ela disse que checou para reportar um ataque surpresa adicional perto de Gaza, mas afirmou não ter havido o ataque aéreo. Israel moveu suas forças e moradores para fora da Faixa de Gaza em 2005, mas não parou os ataques aéreos e outros ataques contra militantes. Mediadores representantes do Quarteto do Meio Oeste - Estados Unidos, União Européia, Rússia e Nações Unidas - durante encontro em Jerusalém na terça-feira, 26, conversaram sobre a ajuda no processo entre Israel e a Autoridade Palestina depois do Hamas tomar a Faixa de Gaza. Os Estados Unidos e Israel precisam isolar o Hamas em Gaza enquanto dão suporte ao governo de emergência de Abbas formado na ocupação da Cisjordânia, depois da disseminação de um gabinete único ocupado pelo Hamas.

Mais conteúdo sobre:
Faixa de GazaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.