França assinará acordo nuclear com Emirados Árabes

Acordo para cooperação em atividades nucleares é 1º passo em direção a construção de um reator nuclear

AP

13 de janeiro de 2008 | 18h22

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, irá assinar um acordo de cooperação nuclear com a União dos Emirados Árabes durante sua visita ao meio-oeste, informou o líder francês ao diário árabe Al-Hayat, neste domingo. O acordo para cooperação em atividades nucleares civis, o primeiro passo em direção a construção de um reator nuclear, poderá ser o terceiro que a França assina recentemente com as nações muçulmanas, depois da Líbia e Algeria.  Esta é a terceira viagem de Sarkozy pela região em três semanas. Desta vez, ele visitará Arábia Saudita, Qatar e Emirados Árabes.  Segundo Sarkozy, o mundo muçulmano não é menos racional que o resto do mundo para procurar na energia nuclear uma alternativa para suas necessidades, em completa conformidade com as obrigações de segurança internacional.  Sarkozy também pretende que estes acordos mandem uma mensagem para o Irã, de que o respeito às regras e normas internacionais pode levar à "recompensas" como a estes acordos de energia nuclear. A disputa iraniana por energia nuclear assim como a ameaça de terrorismo e a guerra do Iraque são outros temas que o presidente francês traz em sua agenda durante a viagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.