Gillani assume como primeiro-ministro do Paquistão

Ele é membro da legenda de Benazir Bhutto e obteve 264 votos dos 328 parlamentares

Efe,

25 de março de 2008 | 03h02

O novo primeiro-ministro paquistanês, Yousuf Raza Gillani, tomará posse nesta terça-feira, 25, ao prestar juramento ao presidente do Paquistão, Pervez Musharraf. Novo premiê paquistanês já foi preso pelo regime de MusharrafApós eleição de premiê, juízes são libertados no PaquistãoA trajetória de Benazir  Segundo a emissora local Geo TV, a cerimônia acontecerá às 11 horas (3 horas de Brasília) no Palácio presidencial, e será seguida por uma conversa de Musharraf com Gillani. Apesar de a cerimônia contar com mais de 500 convidados, os principais dirigentes da coalizão governamental anunciaram que não participarão da posse em protesto contra Musharraf, cujo partido foi o grande derrotado do pleito legislativo paquistanês. Gillani é membro da legenda de Benazir Bhutto, o Partido Popular do Paquistão (PPP), e obteve 264 dos 328 votos parlamentares emitidos na sessão desta segunda-feira. O novo primeiro-ministro recebeu o apoio, entre outros, da Liga Muçulmana-N, do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, e do Partido Nacionalista Awami, legendas que concordaram em formar o Governo com o PPP.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoYousuf Raza Gillani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.