Grã-Bretanha poderá usar aviões militares para resgate na Líbia

A Grã-Bretanha não descarta a possibilidade de enviar aviões militares para a Líbia, mesmo sem permissão do governo local, para remover cidadãos britânicos desamparados, disse o secretário de Relações Exteriores do país, William Hague, nesta quarta-feira.

REUTERS

23 de fevereiro de 2011 | 12h13

Hague também afirmou que a Grã-Bretanha e seus aliados fariam todo o possível para responsabilizar pessoas na Líbia que tenham cometido ou autorizado a violação de direitos humanos e crimes.

"Nossa preferência evidentemente é que as pessoas possam partir em voos comerciais... ou em nossos voos fretados especialmente providenciados ... em vez de enviar voos militares sem permissão, o que obviamente é mais arriscado para a segurança de todos os envolvidos", disse Hague em pronunciamento na televisão.

"Embora nós, de modo algum, descartemos a possibilidade de fazer isso."

(Reportagem de Adrian Croft)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAGRABRETANHARESGATE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.