Grupo palestino despista sobre autoria de ataque a Israel

'Quem puder lançar uma pedra contra a ocupação deve fazê-lo', disse porta-voz da FPLP

Efe,

08 de janeiro de 2009 | 06h37

A Frente Popular para a Libertação da Palestina (FPLP) evitou nesta quinta-feira, 8, confirmar ou desmentir a autoria do lançamento, do sul do Líbano, de vários foguetes contra território israelense. Veja também:Foguetes lançados do território libanês atingem IsraelIsrael e Hamas retomam ataques e CS termina sem acordoGeorge Bush volta a pedir paz em GazaIsrael e Hamas se reunirão no Egito na quinta, diz embaixadorIsrael ordena retirada de civis e bombardeia o sul de GazaGabinete israelense aprova ampliação de ofensiva em GazaAtaques mataram 205 crianças, dizem palestinos Após trégua humanitária, violência retorna a GazaFrança provoca confusão ao anunciar cessar-fogo Trégua por 3h é piada, diz ex-relator da ONU brasileiro Especial traz mapa com principais alvos em Gaza Linha do tempo multimídia dos ataques em Gaza Brasileiros que vivem em Gaza não querem sair Brasileiros que vivem na região falam sobre o conflito Bastidores da cobertura do 'Estado' em Israel Conheça a história do conflito entre Israel e palestinos  Veja imagens de Gaza após os ataques     "Não confirmo nem desminto o lançamento de foguetes, mas quero dizer que Israel não tem direito de questionar a origem dos foguetes", disse o porta-voz oficial da FPLP, Anwar Raya, ao canal de televisão Al Jazera. A porta-voz do grupo palestino, que mantém uma importante presença no sul do Líbano, disse ainda que os árabes têm o direito de usar qualquer meio possível para ajudar seus "irmãos" que se encontram "sob contínua agressão" em Gaza. "Quem puder lançar uma pedra contra a ocupação deve fazê-lo", disse Raya ao canal de TV catariano.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelFaixa de Gazapalestinoataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.