Guerra desloca 2,5 milhões de sírios, diz grupo de ajuda

Pelo menos 2,5 milhões de sírios devem ter deixado suas casas por causa da guerra civil na Síria, disse um grupo humanitário nesta terça-feira, mais do que o dobro das estimativas anteriores.

Reuters

13 de novembro de 2012 | 21h03

Os números são do Crescente Vermelho Árabe Sírio, cujos voluntários estão nas linhas de frente do conflito que já dura 20 meses, entregando ajuda e retirando feridos.

"O número que eles estão usando é 2,5 milhões... eles acreditam que possa ser ainda maior, e que essa é uma estimativa conservadora", disse a porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), Melissa Fleming, em entrevista coletiva.

"Então, as pessoas estão se movendo, as pessoas estão realmente em fuga, se escondendo. É difícil contá-las e ter acesso a elas", completou.

Agências humanitárias já haviam estimado anteriormente o número de pessoas internamente deslocadas na Síria em 1,2 milhão.

Apenas 5 por cento das 2,5 milhões de pessoas devem estar vivendo em instalações públicas, incluindo armazéns e escolas, disse Fleming. O restante deve estar morando com familiares, o que torna a contagem mais difícil.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAGUERRAFUGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.