Hezbollah diz que rebeldes não vencerão na Síria

O líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, afirmou neste domingo que os rebeldes na Síria não conseguirão sair vitoriosos do conflito que se arrasta há 21 meses contra o governo.

Reuters

16 de dezembro de 2012 | 13h07

Nasrallah, um aliado do presidente sírio Bashar al-Assad, afirmou: "A situação na Síria está ficando mais complicada, mas qualquer um que achar que a oposição armada pode resolver a situação em campo está muito, muito enganado."

Os rebeldes sírios acusam o grupo xiita de mandar combatentes para a Síria para ajudarem Assad, que está tentando esmagar uma revolta contra seu regime. O grupo nega as acusações.

Mais conteúdo sobre:
SIRIAHEZBOLLAHREBELDES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.