Hezbollah e partido xiita do Iraque se unem contra ameaças

Representantes dos dois órgãos se encontram em Beirute e consideram lutar juntos contra 'inimigos da região'

Associated Press,

20 de janeiro de 2010 | 13h41

O líder do Hezbollah, grupo xiita do Líbano, e o chefe do maior partido xiita do Iraque estão trabalhando pela união das organizações pelo que chamam de ameaças ao Oriente Médio.

 

O xeque Hassan Nasrallah e Ammar al-Hakim, que coordena o Supremo Conselho Islâmico do Iraque, instituição apoiada pelo Irã, se encontraram nesta quarta-feira, 20, em Beirute. Tanto o Hezbollah quanto o partido iraquiano são aliados de Teerã.

 

Um comunicado do Hezbollah publicado a partir de Beirute informa que os dois discutiram a importância da unidade perante as crescentes ameaças e divisões na região. O documento destaca a necessidade de confrontar "projetos" sectários que só favorecem os "inimigos da região".

 

Al-Hakim está em uma viagem ao Líbano e já se encontrou com diversas autoridades do país.

Tudo o que sabemos sobre:
HezbollahpartidoxiitaIraqueLíbano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.