Hezbollah tem foguetes para atacar Tel Aviv, diz Israel

ONU se mostra preocupada com o crescente arsenal de mísseis do movimento extremista islâmico

Associated Press,

01 de novembro de 2007 | 02h47

Israel afirmou que o movimento extremista islâmico Hezbollah, no Líbano, tem foguetes de longe alcance capazes de cair sobre Tel Aviv. Além disso, o movimento triplicou seu arsenal de mísseis terra-ar desde a guerra do ano passado, informou o secretário geral da ONU, o sul-coreano Ban Ki-Moon. O dirigente da ONU indicou que os informes sobre o reforço de armamento do Hezbollah provocaram uma grande preocupação em relação a estabilidade no Líbano. "Israel afirmou que a natureza e o número de armas do Hezbollah constituem uma ameaça estratégica a segurança de seus cidadãos", disse Ban Ki-Moon. O governo israelense afirmou que o movimento extremista possui foguetes de longo alcance, que estão instalados em regiões ao norte do rio Litani e que a maioria deles possui um alcance de 250 quilômetros "o que permite chegar a Tel Aviv e a outras regiões mais ao sul", acrescenta o informe. "Israel também assegura que o Hezbollah triplicou seu arsenal de foguetes C-802 e estabeleceu uma unidade de defesa aérea com eles", disse o secretário geral. Mesmo sem Israel fornecer para a ONU informações específicas sobre suas fontes, Ban indicou que em vários discursos do líder do Hezbollah, Hassan Nasralla, "parecem confirmar as informações israelenses".

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelHezbollah

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.