Hillary Clinton acredita que 'Bin Laden está no Paquistão'

Tese é reforça da pela CIA, que diz que líder da Al-Qaeda se encontra perto da fronteira com o Afeganistão

Estadão.com.br

19 de julho de 2010 | 08h49

ISLAMABAD - A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, acredita que o chefe da rede Al-Qaeda, Osama Bin Laden, "está no Paquistão", declarou nesta segunda-feira, 19, em Islamabad, de acordo com informações da agência de notícias AFP.

 

"Acho que (Bin Laden) está aqui no Paquistão, e que seria muito útil se pudéssemos capturar" os líderes da Al-Qaeda, disse em uma entrevista televisionada, quase nove anos depois dos atentados de 11 de setembro em Nova York e Washington.

 

No final de junho, o diretor da Agência de Inteligência Americana (CIA), Leon Panetta, declarou que Bon Laden estava "muito bem escondido" e protegido em uma das zonas tribais do Paquistão, junto à fronteira afegã.

 

Panetta acrescentou que a região na qual se encontra Bin Laden foi localizada desde começos dos anos 2000, mas que "desde então foi muito difícil obter informações mais precisas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.