Homem-bomba mata ao menos 30 em funeral em Bagdá

Um homem-bomba explodiu em um funeral emBagdá nesta terça-feira, matando ao menos 30 pessoas e ferindooutras 38 em um dos ataques mais severos na capital nos últimosmeses, informou a polícia. As autoridades disseram que duas mulheres estão entre osmortos. O funeral em Zayouna, ao leste de Bagdá, foi de umhomem morto em um ataque à bomba três dias antes. O Iraque tem assistido uma queda na violência desde junho,mas estatísticas de militares norte-americanos mostraram que onúmero de ataques de homens-bomba aumentou ligeiramente desdeoutubro. Comandantes norte-americanos disseram que militantescontinuam provocando atentados suicidas à bomba, em um esforçopara causar ataques em massa "espetaculares". (Texto de Peter Graff)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.