Homem que denunciou programa nuclear de Israel é preso

Mordecai Vanunu havia sido libertado em 2004, depois de passar 18 anos preso por passar informação a jornal

Associated Press,

29 de dezembro de 2009 | 08h11

A polícia israelense informa que Mordecai Vanunu, responsável por levar a público informações secretas do programa nuclear israelense, foi preso.

 

O porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, disse que Vanunu foi detido sob suspeita de ter se reunido com vários estrangeiros, numa violação das condições de sua libertação, em 2004. Ele deve ser apresentado a um tribunal ainda nesta terça-feira, 29.

 

Vanunu era um técnico de uma instalação nuclear israelense quando vazou detalhes e fotografias da operação para o jornal britânico Sunday Times, em 1986.

 

A partir desse material, especialistas concluíram que Israel possui o sexto maior arsenal nuclear do mundo.

 

Vanunu foi posteriormente sequestrado por agentes secretos israelenses em Roma, e levado ao país para ser submetido a julgamento. Ele passou 18 anos preso.

Tudo o que sabemos sobre:
vanunuisraelnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.