Homens-bomba matam três policiais no norte do Iraque

Três homens-bomba alvejaram postos de controle em Mossul, no norte do Iraque, na noite desta quinta-feira, matando três policiais, disseram fontes da polícia.

Reuters

21 de fevereiro de 2013 | 18h35

A violência é parte de uma recente onda de ataques que tem levantado temores do retorno do conflito sectário visto após a retirada das tropas norte-americanas em dezembro de 2011.

Fontes policiais disseram que dois dos homens-bomba conduziram os carros em direção aos postos de controle na cidade de Mossul.

O primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, um muçulmano xiita, enfrenta protestos em massa de sunitas desencantados e está em desacordo com os curdos que dirigem sua região autônoma no norte do país desde Bagdá.

A perspectiva de eleições provinciais está intensificando as divisões, já que líderes políticos apelam a seus eleitores com uma retórica hostil e intransigente.

O conflito na vizinha Síria, onde rebeldes principalmente sunitas estão lutando para derrubar um líder apoiado pelo xiita Irã, também contribui para tensões sectárias no Iraque e em toda a região.

(Reportagem de Sufyan al-Mashhadani)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEMOSSULATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.