Incêndio arrasa sede do banco Central do Iraque em Bagdá

Fogo destruiu pelo menos quatro escritórios, entre eles o do presidente da instituição e de seus auxiliares

Efe,

28 de janeiro de 2008 | 05h50

Um grande incêndio arrasou nesta segunda-feira, 28, a sede do Banco Central do Iraque em Bagdá e destruiu pelo menos quatro escritórios, entre eles o do presidente da instituição e de seus auxiliares, segundo fontes policiais e testemunhas. As causas do incêndio, que começou de madrugada, ainda são desconhecidas, indicaram as fontes, que acrescentaram que as forças de segurança já começaram as investigações sobre o episódio. A sede do Banco Central, encarregado de decidir a política monetária do país, fica na rua Rashied, uma das principais veias comerciais da capital iraquiana, situada em pleno centro. As medidas de segurança em torno da sede do banco são muito rígidas: não se permite a circulação de veículos em seus arredores e é preciso passar por vários postos de controle para ter acesso ao edifício de quatro andares.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndioBagdáIraqueBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.