Incursão turca no norte do Iraque já deixa 89 mortos

Outros 5 soldados turcos morreram neste domingo, 24; combates continuam em 15 pontos da fronteira

Reuters,

24 de fevereiro de 2008 | 09h34

Outros 5 soldados turcos morreram neste domingo, 24, em conflitos com rebeldes curdos no Iraque, elevando o número total de mortos para 89 desde o início da operação da Turquia contra militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), na sexta-feira, 22.   Veja também: Turcos matam 35 rebeldes no 2º dia de operação no Iraque Rebeldes dizem que 22 soldados turcos morreram no Iraque Dezenas de rebeldes e 5 turcos morrem em incursão ao Iraque Turquia promove grande incursão militar terrestre no Iraque Segundo informou uma não-identificada à Agência Reuters, mais 16 rebeldes do PKK morreram nos confrontos deste domingo, 24, o que poderia elevar o saldo total de mortos para 105. A fonte acrescentou que os intensos combates continuam em 15 pontos diferentes da montanhosa região da fronteira, ao norte do Iraque.     Na sexta-feira, 22, forças terrestres da Turquia entraram no país, em uma operação contra rebeldes curdos que estariam refugiados na região, segundo o Exército da Turquia.   Foi a primeira incursão militar por terra da Turquia no Iraque desde a invasão americana de 2003, e cria temores de que poderá deflagrar um conflito mais amplo com os curdos iraquianos apoiados pelos EUA, apesar das garantias turcas de que alvejará apenas alvos do PKK.   Mais de 30 mil pessoas morreram desde que o partido começou a lutar, em 1984, por um território curdo no sudoeste da Turquia.  

Mais conteúdo sobre:
TurquiaIraquePKK

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.