Insurgentes seqüestram 14 pessoas em microônibus no Iraque

Grupo instalou um posto de controle falso na entrada de um povoado próximo a Al Khales e capturou viajantes

Efe,

24 de dezembro de 2007 | 13h47

Pelo menos 14 pessoas foram seqüestradas nesta segunda-feira, 24, por um grupo insurgente, supostamente vinculado à Al-Qaeda. O grupo interceptou o microônibus no qual as vítimas viajavam, nas proximidades de Al-Khales, na província de Diyala, a nordeste de Bagdá, informou a agência Aswat al-Iraq. Segundo a agência iraquiana, que cita fontes anônimas, os rebeldes instalaram um posto de controle falso na entrada de um povoado próximo a Al Khales e interceptaram o microônibus antes de levarem seus passageiros para um local desconhecido. As fontes acrescentaram que os seqüestradores fugiram com os reféns em direção à localidade de Qalet al Qasab, considerada um reduto do grupo insurgente do Estado Islâmico do Iraque, ligado à Al-Qaeda, em Diyala.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueseqüestroAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.