Irã adverte Israel para que 'não cometa uma bobagem'

Ameaças israelenses contra o programa nuclear iraniano 'não tem efetividade', diz aiatolá Ahmad Khatami

Efe,

15 de agosto de 2008 | 15h26

O aiatolá Ahmad Khatami, encarregado do sermão desta sexta-feira, 15, da Universidade de Teerã, púlpito oficial do regime iraniano, advertiu aos israelenses que, "se cometerem uma bobagem", o Irã "reagirá de tal modo que ficarão loucos", informa a agência oficial iraniana Irna. Khatami, em seu discurso, qualificou também de "velhas e sem efetividade" as ameaças lançadas por alguns responsáveis israelenses contra o Irã, caso o regime dos aiatolás não aceite suspender seu programa nuclear. "Continuamente, os vis e impuros elementos de Israel estão ameaçando o Irã, mas tenham certeza que não chegarão a lugar nenhum, essas ameaças já são velhas e sem efetividade", disse. Além disso, fazendo referência à guerra entre Israel e Líbano, da qual agora se completa o segundo aniversário, disse que "Israel, cujo Exército é considerado o quarto do mundo, foi vencido por um grupo miliciano (Hezbollah), mas fiel a Deus." O Irã mantém uma disputa com a comunidade internacional sobre seu programa nuclear, devido às dúvidas em relação ao possível uso militar destas pesquisas que, segundo Teerã, têm apenas fins pacíficos.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.