Irã ameaça dar 'resposta dolorosa' se for atacado por Israel

Ministro israelense ameaçou bombardear o Irã caso o país não abandone seu programa nuclear

Associated Press,

09 de junho de 2008 | 15h05

O ministro de Defesa iraniano, Mostafa Mohammad Najjar, advertiu nesta segunda-feira, 9, dar uma "resposta dolorosa", caso Israel ataque o Irã. A informação foi divulgada pela agência estatal Irna, segundo a qual Najjar qualificou como "tolas" as palavras do ministro israelense Shaul Mofaz, que ameaçou atacar o Irã se o país não abandonasse seu programa nuclear.   Veja também: Irã exige ação da ONU após ameaça de ataque de Israel Israelenses criticam ameaça 'política' de Mofaz contra o Irã   Houve várias especulações sobre possíveis planos feitos secretamente por Israel e pelos Estados Unidos para impedir o prosseguimento do programa nuclear de Teerã. O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, distanciou-se das declarações de Mofaz sobre um possível ataque ao Irã.   Os EUA, Israel e outros países ocidentais temem que o governo iraniano busque produzir armas nucleares. Teerã argumenta que seu programa é pacífico, voltado por exemplo para a produção de energia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.