Irã condena dois norte-americanos por espionagem

Dois cidadãos norte-americanos, Shane Bauer e Josh Fattal, detidos no Irã há mais de dois anos, foram considerados culpados de espionagem e condenados a penas de oito anos cada, segundo informou a TV estatal iraniana neste sábado.

REUTERS

20 de agosto de 2011 | 10h37

"Por conta da suposta entrada ilegal em território iraniano foi dada a cada um três anos de prisão e pela acusação de colaborar com serviço de inteligência americano cada um foi condenado a cinco anos de prisão", disse o site IRINN, citando uma fonte judicial iraniana.

Os norte-americanos disseram que estavam caminhando nas montanhas do norte do Iraque e se eles cruzaram a fronteira não marcado para o Irã foi por engano. Eles têm 20 dias para recorrer da sentença.

(Reportagem de Hossein Jaseb; escrita por Robin Pomeroy)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAAMERICANOSCONDENADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.