Irã convida agência nuclear da ONU para visitar reator alvo de acordo

Usina de água pesada em Arak será inspecionada no começo de dezembro

O Estado de S. Paulo,

28 de novembro de 2013 | 10h34

TEERÃ - O governo do Irã convidou inspetores da ONU para visitar no dia 8 de dezembro o reator de água pesada de Arak, um dos pontos centrais do acordo fechado no começo da semana com o grupo 5+1 (EUA, China, Rússia, Alemanha, Grã-Bretanha e França), informou nesta quinta-feira,28, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Segundo o  diretor-geral da AIEA, Yukiya Amano, a agência está avaliando como "olocar em prática o acordo feito entre o Irã e as seis potências ocidentais, para restringir a atividade atômica do país.

"Isso vai incluir as implicações para verba e pessoal", disse Amano ao conselho de 35 nações da AIEA. "Esta análise vai levar algum tempo."

A visita da AIEA no mês que vem à instalação de produção de água pesada perto da cidade de Arak faz parte de um acordo firmado separadamente no início do mês entre a agência da ONU, com sede em Viena, e autoridades iranianas. A unidade de Arak produz água pesada destinada ao uso de um reator que está em construção.

O Irã e seis potências mundiais fecharam no domingo um acordo para contenção do programa nuclear iraniano em troca de um alívio inicial nas sanções impostas ao país. Conforme os termos do pacto, o Irã abrirá mão do reator de Arak e do enriquecimento de urânio acima do nível de 5%, destinado à produção de energia elétrica. /REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.